Impressora 3D para pele humana

 In Cirurgias, Investigação

 

Cientistas espanhóis criam impressora 3D para pele humana

Foi criado um protótipo de impressora 3D para pele humana, em Espanha. Este projecto foi desenvolvido em colaboração com a empresa BioDan e cientistas de três instituições de investigação:

A pesquisa foi recentemente publicado na versão eletrónica da revista “Biofabrication”. Segundo os autores, esta Bioimpressora permite criar pele humana totalmente funcional, apta a ser transplantadas ou utilizada para investigação e testes de cosméticos, produtos químicos e farmacêuticos.

A produção deste tecido, na impressora 3D para pele humana, pode ser feito de duas diferentes formas: a partir de um stock de células (pele alogénica) ou criado a partir de células do próprio paciente (pele autóloga). Assim, as indicações para a utilização da pele alógenica  poderão ser os processos industriais e testes, enquanto a pele autóloga poderá ser utilizada para fins terapêuticos, como por exemplo o tratamento de queimaduras graves.

A sua produção em escala, aguarda ainda aprovação de diversos órgãos reguladores europeus, para garantir que a pele produzida é adequado para uso em transplantes.

Referência bibliográfica:

3D bioprinting of functional human skin: production and in vivo analysis. Cube, Marta Garcia, Juan Francisco de Cañizo, Diego Velasco, José L. Jorcano. Biofabrication.